Listras horizontais (pode sim) e vestido versátil

Mistura de estampa – kimono e saia lápis plus size

Bem sincero: a maior surpresa de todas!

A relatividade do “Quantos anos você tem?”

Editorial Plus Size Estilo em Preto e Branco

Verão feminino com Zizzi

Listras horizontais (pode sim) e vestido versátil

Listras horizontais (pode sim) e vestido versátil

Vem polêmica! Gorda pode usar listras horizontais? ahahahah! Pode gorda de tudo né, mores? Vestindo bem, que mal tem? E só a gente mesmo pra saber se vestiu bem ou não. Claro que falo no sentido de conforto e gosto pessoal. Porque corte e caimento a gente sabe que é assunto prático mesmo e menos subjetivo. Bom corte e caimento são indiscutíveis. E eu curti bastante o caimento desse vestido tipo túnica.

Esse tipo de peça é ideal para os dias despretensiosos em que a gente quer mesmo é conforto e estilo juntos. E esse vestido fica bem no verão europeu e no inverno brasileiro também, já que é de tricot levinho que esquenta na medida e deixa o corpo respirar. Esfriou? Lança uma jaqueta jeans, um trench coat bege… Quer um “look mais tchann”? Experimente com uma sandália de salto médio ou plataforma; ou uma botinha “ankle boot” e uma jaqueta de couro. É muita versatilidade numa peça só né?

Detalhes do look:

Vestído/túnica Zizzi

Espadrilhe Chanel

Carteira e anel Fizpan

Brincos H&M

Bracelete Brir Acessórios

gisella-francisca-plus-size-summer-stripped-dress-zizzi 2 gisella-francisca-plus-size-summer-stripped-dress-zizzi 1 gisella-francisca-plus-size-summer-stripped-dress-zizzi 3

 

 

 

Mistura de estampa – kimono e saia lápis plus size

Mistura de estampa – kimono e saia lápis plus size



Realmente eu não me seguro quando olho pra duas estampas e vejo um “match”. A mão coça. ahahhahaa. Eu adoro misturar estampas e texturas num look só. Porque, veja bem, quando a gente se veste, precisamos nos vestir pra gente, pra complementar nosso humor, vibe do dia. Sem muitas regras e amarrações, moda tem que ser diversão. E tem que ser usada por você e não você por ela.

Chega de regras fixas. A vida já tem muita regra pra gente ficar obedecendo coisas na moda, né monamour? rs

Claro que existem alguns pontos que a gente pode levar em consideração quando vamos misturar estampas. Mas, em linhas gerais, a regra é não ter regra. Gostou, usou, ousou!

Nesse look eu vi uma semelhança de cores na estampa da saia e do kimono. Catei a primeira camiseta que vi e pronto, montei o look.

A saia é da Lindex, uma fast fashion sueca que está gradativamente aumentando toda a grade, de todas as suas linhas, além de já ter uma linha exclusivamente plus size. Isso é um passo real na democratização da moda, mais do que um discurso pra ficar bem na mídia social.

O kimono é da linha RI PLUS da River Island. Eles são uma fast fashion da Inglaterra. Já estão na segunda coleção plus size e a coisa só fica melhor. Estou feliz em trabalhar com eles.

Enfim, a boa é você ter visão geral de todas as suas roupas (isso pode significar uma boa arrumação no seu armário). Aí você tem como fazer mais combinações sem ter que ficar toda hora comprando roupa. A mistura de estampa é mais uma saída pra você usar peças que adora de forma diferente. Tenta…

 

detalhes:

Saia da Lindex (linha Holly & Whyte)

Kimono da River Island RI PLUS

Camiseta da Weekday (old but gold)

Sandália da Zara

Bolsa Vintage

Óculos Celine

Me segue na midia social e vamos manter contato.

Instagram @gisellafrancisca

Facebook FanPage Gisella Francisca

Sanpchat GIFRANCISCA

 

gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-lindex-riverisland 1 gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-lindex-riverisland 3 gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-lindex-riverisland 6 gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-lindex-riverisland 2

 



 

Bem sincero: a maior surpresa de todas!

Bem sincero: a maior surpresa de todas!

 

 

 

Sim, é verdade! Quase nem dá pra acreditar mas é verdade. Eu vou ser mãe. De um menino tão abençoado. Gente, me sinto sortuda e muito feliz nesse momento. Por isso quero dividir com vocês aqui. Atenção que é post “sincerão”.

Tentando resumir, aconteceu assim… Bem, a gravidez, vocês, nessa altura da vida já sabem como se faz né? Ahahahaha.

Sou casada e planejávamos ter um bebê em 2017.  Então até fevereiro/março eu estava usando meu anticoncepcional, menstruando normalmente e estava no Brasil, a todo vapor, viajando de lá pra cá, trabalhando muito. Foi quando fiz a campanha da Marisa, você viu? Tem que ver que está super legal. Ou seja, tudo dentro dos conformes. Não senti nenhum enjôo específico, só sentia muita azia mas não sabia que era um sintoma de gravidez.

A desconfiança veio quando eu não menstruei em março/abril. E além disso eu estava com outros sintomas, que só vejo como sintomas agora, depois de confirmar a gravidez. Intestino não funcionando regularmente como sempre foi, umas sensações similares a gases e, claro, a barriga maior do que o normal, embora eu tivesse comendo saudável e sendo bem ativa – até percebi uma certa desinchada no resto do corpo.

Aí eu fiz o exame quando cheguei em Oslo, queria fazer junto com meu marido, na minha casa e tal. O teste de gravidez foi positivo para 2 a 3 semanas. Aí ficamos super felizes! O próximo passo foi ir à minha médica – que indicou uma ultra. Aí que a coisa muda….

 

gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-riverisland 4

Fomos pra ultra! Chegando lá o médico conversa com a gente, começamos o procedimento, aí ele me pergunta: “- quer saber o sexo do bebê?”. Eu já mandei um “caraaaaa que avançada a medicina aqui. Já sabendo o sexo em 3 semanas…”. E ele diz, então, vamos por partes. É menino! Tudo aparentemente bem com ele. Nesse momento, marido e eu já chorávamos né? Awwnn  um menino…

E o médico dizia que tinha mais. Eu já como né? Meu deus, gêmeos!! Ele disse que era de fato um bebê só, mas que minhas contas estavam bem erradas, tipo muito erradas mesmo. Acabou que o bebê era bem maior do que 3 semanas (eu realmente não me liguei nisso quando vi a imagem dele na ultra, foi minha primeira vez vendo uma ultra na vida!).

Então no dia da ultra, que aconteceu no começo de maio, descobrimos que eu tinha acabado de completar 6 meses de gravidez! Gente, 6 meses. Agora já estou com sete e ele nasce até o meio de agosto.

Agora você vê? Que benção nas nossas vidas? Eu ainda estou nas nuvens. Isso foi de fato a melhor coisa que já aconteceu na minha vida.

Não sou do tipo romântica mas com essa situação não tem como não ficar toda mole… eu me sinto tão bem, tão completa. A cada movimento dele (e são muitos mesmo) eu fico maravilhada. Nunca me senti tão plena sabe? Acho que a gravidez faz isso. E ouvi dizer que depois do parto, ali quando você vê o bebê, além de ser o momento mais incrível da sua vida, você ainda se sente super-woman.

Estou lendo muito, aprendendo bastante. Fiz todos os exames e está tudo bem com ele, crescendo como esperado, se movimentando bem também, ou seja, tudo nos conformes. Eu me sinto mais cansada do que o normal mas ainda faço bastante coisa. Quero ser ativa até quando não conseguir mais.

Essa “gravidez de 3 meses” me fez ver que a vida toma caminhos que no final dão certo. Olhando pra trás eu consigo perceber como tudo estava se preparando para minha gravidez, sem eu me dar conta. Tudo que deu certo, foi ótimo e o que deu errado, estava dando certo afinal. Foram os seis meses mais produtivos, divertidos e ativos que eu já tive. Se eu soubesse que tava grávida antes, não teria aceitado diversos convites e teria sido frustração sabe? Olha, como eu te falei, estou me sentindo a mulher mais sortuda do mundo.

A partir desse post eu começo a dar mais detalhes, mostrar mais coisas e dividir essa parte tão mágica da minha vida. Quero agradecer a todas as mensagens de amor e positividade que recebi quando dei a notícia num dos meus videos ao vivo no Facebook. Me segue nas mídias sociais porque tem muita coisa pra mostrar gente, vem comigo:

Meu Instagram: @gisellafrancisca

Meu Snapchat: GIFRANCISCA

Minha FanPage no Facebook: Gisella Francisca

E teve chá de bebê. Já já eu mostro…


gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-riverisland 3

Body da River Island. Tem parecido aqui.



A relatividade do “Quantos anos você tem?”

A relatividade do “Quantos anos você tem?”

Já me perguntaram algumas vezes o que é beleza pra mim. Claro que existe um senso comum, mas eu mudo de resposta de acordo com como estou me sentindo naquele dia. É isso é excelente. Ora, se beleza é um estado de espírito, uma condição emocional; Se beleza vem de dentro, como não mudar em relação a como estamos nos sentindo no momento?

E pra mim beleza vem de dentro mesmo. Não só aquela máxima de “ser bonita por dentro e por fora”, mas de fato se sentir bonita sendo quem somos. Explico: tem dia que eu me sinto mais ou menos bonita. Tem dia que eu me arrumo mais, tem dia que o make fica melhor, essas coisas que variam. Mas eu tô falando aqui da se sentir bonita de verdade. Aí o buraco é bem mais embaixo.

Pra mim, me sentir bonita de verdade é estar em sintonia com sua mente e seu corpo, criando uma condição emocional de alta admiração por você. E isso veio com os anos. Hoje tenho 33 anos. E sigo repetindo que me sinto bem mais bonita agora do que quando tinha vinte anos. Mas como? Se há dez anos minha pele era mais rígida, tinha menos marcas, meus seios mais firmes e o colágeno reinava? Muito simples, hoje, eu sei muito mais sobre mim e meu papel na sociedade.

Os trinta anos causaram um efeito de maior auto conhecimento e auto respeito. Mas, principalmente, de maior admiração pessoal. Veja, eu sempre me gostei, dias mais, dias menos, mas o balanço era sempre positivo. Ao passar dos anos, com o desenvolvimento da minha vida de acordo com o que eu planejei e trabalhei para, olhar no espelho e sentir orgulho do que eu vejo me faz me sentir linda, bem poderosa e capaz de mover o mundo ao meu redor.

Eu olho em volta, vejo minha família, meus amigos, meu trabalho, minha casa… olho no espelho e credito a mim ter chegado num ponto de satisfação com quem eu sou. Isso é beleza. Isso traz admiração pessoal. E funciona mesmo. É exercício. É foco no que você tem e faz acontecer. Foco na sua força e no que você consegue movimentar na sua vida. E sim, de novo, isso vem com a idade.

Envelhecer ninguém quer. É porque a palavra vem carregada de abandono. Quase que significa deixar de ser bonita para ser velha, de novo o padrão de beleza, né?  Não penso assim. Amadurecer e viver com minhas marcas e expressões são uma parte bonita do ciclo da vida. E nesse ciclo, eu me sinto bela, realizada e capaz de muito muito mais. Se já me sinto assim, me preparo para a bomba de auto estima que vem por aí quando eu der a luz ao meu menino tão abençoado.

E muitas coisas na vida melhoram com a experiência. Por isso que o conceito do tempo pode ser tão relativo e estar muito mais a nosso favor do que somos levadas a acreditar. Tempo ou idade são perspectivas pessoais e podemos ser o que e como quisermos, seja com 20, 30 ou 50 anos.

Estar de bem com quem você é e com os efeitos da passagem do tempo não significa não estar se cuidando. Mente, corpo, tudo. Há algumas semanas comecei a usar uma linha nova pro meu rosto, pescoço e mãos. Já tinha ouvido falar do Advanced Genifique da Lancôme mas nunca tinha usado. É um serum que eu uso de manhã e de noite, todo dia certinho. Uso depois o creme de dia ou de noite. Eu senti bastante diferença em relação à luminosidade e tonalidade mais uniforme na minha pele. Realmente vale a pena e eu vou continuar usando porque tá me dando resultado. Gosto de ver que minha pele está mais luminosa.

O efeito de um produto que tem resultado, como esse, ajuda muito a dar aquela maximizada na beleza que sim, vem de dentro, vem da admiração pela mulher que somos e por tudo que somos capazes de fazer acontecer nas nossas vidas e nossas comunidades. Lembra o que falei acima, é exercício diário. Vamos praticar? Como você se sente em relação a sua idade e sua beleza nesse contexto que escrevi?

Use a hashtag #lancomeloveyourage pra gente conversar.

#ad #autoestima

 


 

Editorial Plus Size Estilo em Preto e Branco

Editorial Plus Size Estilo em Preto e Branco


Um editorial independente fotografado pela Adriana Líbini com styling Gisella Francisca mostrando estilo plus size, curvas e arquitetura, numa pegada refinada e moderna.

Há algum tempo, e põe tempo nisso, eu tenho observado o trabalho da Adriana Líbini. Quando nos conhecemos conversamos sobre fazermos um ensaio juntas, mas sempre ficava naquela área do “sim, vamos combinar”. Eu com minhas passagens temporárias pelo Brasil e ela com a agenda que ficava cada vez mais concorrida.

Daí nossos trabalhos ficaram cada vez mais diferentes. A vontade de fazer algum editorial juntas continuava mas a gente não estava se encontrando tanto presencialmente quanto nas linhas de trabalho, estilo, produção, essas coisas que levamos em consideração por trás das câmeras.

Foi quando eu vi as fotos da Adriana num editorial muito bacana, que postei aqui, eu achei que seria legal enfim tentarmos estar na mesma cidade, ambas com espaço na agenda e enfim produzirmos alguma coisa juntas.

ideia era fazermos fotos independente de marcas específicas, com um conceito que eu pensei e a Dri produziu, com meu styling usando peças minhas mesmo (e da minha tia, rs). O resultado foi muito querido pra gente, com uma pegada bem clean, preto e branco mesmo, com foco em moda e estilo mesmo, sem fru fru de sensualidade. Eu já devo ter me expressado milhões de vezes contra a ideia de que gorda tem que estar sempre sensual e semi nua na internet.

A Adriana Línini é uma fotógrafa talentosa que já trabalhou muito na moda plus size no Brasil, com diversas produções e styling e que agora está focando em produções mais independentes, que sejam mais refinadas e tenham mais conteúdo de moda mesmo.

Ela continua fazendo seus jobs comerciais para as marcas e para quem quiser ter fotos de portfolio, como eu, por exemplo. É só entrar em contato pelo site dela e conversar. A Dri é boa de “desenrole” (sou carioca, mores), tem equipamento super moderno e, o mais importante pra gente, conhece os ângulos do corpo com curvas. Aí a gente ama né?

 


 

Estilo em Preto e Branco

Fotografia Adriana Libibi

Styling Gisella Francisca usando acervo pessoal

Locação pública em São Paulo


Gisella-Francisca-Plus-Size-editorial-preto-branco gisella-francisca-plus-size-editorial-preto-branco-3 gisella-francisca-plus-size-editorial-preto-branco-4

Túnica Zizzi / Cinto Gina Tricot / Saia Cala & Jada / Tênis Adidas Superstar

gisella-francisca-plus-size-editorial-preto-branco-8 gisella-francisca-editorial-plus-size-preto-branco-5

Macacão Márcia Morais (essa marca faz os melhores macacões para o corpo plus size) / Sandália H&M / Óculos Celine

gisella-francisca-plus-size-editorial-preto-branco-9 gisella-francisca-editorial-plus-size-preto-branco-11 gisella-francisca-plus-size-editorial-preto-branco-10

Vestido Asos / Óculos Persol vintage da minha tia / Sapato Stella McCartney

Verão feminino com Zizzi

Verão feminino com Zizzi

A coleção de verão da Zizzi está super feminina e bem mais colorida do que o normal. Bem, ok, nem tão colorida assim para os padrões do Brasil, né mores? rsrssrs

Eu fui a uma das lojas e fiz uma seleção de alguns looks que eu achei que iriam ficar legal em vários tipos de corpo e serviriam para diversas ocasiões.

Como eu acho que nessa época do ano em que as temperaturas mais se aproximam – início do verão no hemisfério norte e inverninho gostoso no Brasil, acho que esse post pode inspirar.

Me conta qual o seu vestido preferido? Ou o look do short? Eu amei tudo!

gisella-francisca-plus-size-summer-zizzi-polka-dots-dress-mai16-3 gisella-francisca-plus-size-summer-zizzi-polka-dots-dress-mai16

gisella-francisca-plus-size-summer-lace-shorts-zizzi-mai16 3

gisella-francisca-plus-size-summer-zizzi-denim-chemise-dress-1

gisella-francisca-plus-size-summer-zizzi-blue-chiffon-dress-1 gisella-francisca-plus-size-summer-zizzi-mai16 7 gisella-francisca-plus-size-summer-zizzi-mai16 8

Ame sua beleza: #papodemulherparamulher

Ame sua beleza: #papodemulherparamulher

Tá no ar o primeiro video da websérie #papodemulherparamulher da Marisa! E quem está lá pra trocar uma boa idéia sobre relação com o corpo, sociedade, mídia e moda plus size? Eu né, mores?

A Marisa me convidou pra participar desse time inspirador de influenciadoras do bem para um bate papo filmado sobre temas bem pertinentes para nós mulheres. Falamos sobre auto imagem e aceitação corporal, pressão social, idade, ditadura da moda e tudo que envolve ser mulher na sociedade atualmente.

O objetivo da marca é trazer para seus canais a discussão de temas que contribuam para diálogos e reflexões, desconstruindo estereótipos e permitindo que as mulheres ocupem seus espaços e se orgulhem cada vez mais de ser quem são, livres de ditaduras e padrões.

Foi um grande prazer ser chamada para participar desse projeto tão lindo. Principalmente porque no meu trabalho eu venho abordando assuntos inerentes à auto estima da mulher, não só plus size e quebra de padrões de imagem e comportamento. E ainda, gente, eu fui acompanhada por mulheres que também me inspiram, como a Julia Petit, a Carla Lemos do Modices e a Ana Soares, do Hoje Vou Assim Off.

Você viu o bate papo direto do evento de lançamento da campanha? A ocasião reuniu nós quarto (as influenciadoras convidadas) e conversamos, com transmissão ao vivo no Facebook, e passamos uma tinta magenta em frases desagradáveis que ainda ouvimos de vez em quando por aí. Esse foi o primeiro ponto forte da campanha. E agora temos a websérie que começa comigo.

Auto amor, por favor!

No primeiro video da série eu converso com meninas bem legais sobre como nossa relação com nosso corpo e nossa auto estima estão influenciadas pelos padrões sociais e como eles podem ser danosos para nosso desenvolvimento ao longo da vida. Isso tudo num formato bem divertido, com dicas e “causos” que trazem o assunto para a nossa vida real e nos ajudam a se livrar de pensamentos e comportamentos que desfavorecem o auto amor.

Acredito que uma das expressões mais usadas hoje é “empoderamento feminino”. O assunto é abrangente e cheio de significado importante. Porém o termo pode soar um pouquinho mais complicado e muita gente pode pensar “Ah! Isso não é pra mim não”. Empoderamento feminino é pra todo mundo, inclusive pra homem. É comportamento diário, é mudança em atitudes pessoais e, principalmente aí dentro de você. É muito mais simples do que parece e no video eu falo sobre isso e ainda dou dicas. Tem que ver!

Uma nuvem positiva no mundo

Essa coisa de marcas fazerem as mulheres se sentirem bem é uma tendência de comunicação no mundo todo. Porém há uma pá de exemplos por aí de campanhas que só falam disso mas não produzem nada de útil pra gente.

“Nosso objetivo com a websérie é criar uma extensão da campanha ‘Papo de Mulher para Mulher’ e nos aproximar de nossas clientes. Queremos dar voz às mulheres que fizeram parte desta campanha, de forma muito verdadeira, para que elas possam se expressar e contar suas experiências”, comenta Roberta Morelli, Gerente de Divisão de Marketing da Marisa.

Por isso que o #papodemulherparamulher me deixou tão satisfeita. São assuntos abrangentes que realmente fazem parte do universo feminino, discutidos de forma simples e leve. Eu não sei você, mas estou cansada e já não aceito mais, há um bom tempo, campanhas que usam baixa auto estima pra promoção de marcas, produto ou serviços. A gente quer é ser empoderada e tratada com respeito. Somos ou não as protagonistas de nossas histórias?

Assiste o video e me conta o que você achou. Concorda com a gente? Com o que você mais se identificou na nossa conversa?

E os looks? Tá curiosa pra saber mais sobre eles? Só clicar aqui.

Dá play no vídeo aqui ou vai na minha página do Facebook saber de tudo!

 

 

E eu consegui fazer umas imagens no backstage. Foi tão divertido…. E uma curiosidade, o tempo todo eu queria muito um pedaço das cupcakes. Fala que vc não ia querer também?

gisella-francisca-marisa-plus-size-video-campanha-1 gisella-francisca-marisa-plus-size-video-campanha

 

RI Plus: Marca nova muito legal

RI Plus: Marca nova muito legal

A River Island é uma marca queridinha do high street britânico.  E recentemente eles lançaram a linha RI Plus. É uma das linhas plus size “high street” que eu achei mais gostei nos últimos tempos.

High Street Fashion é um termo usado para as marcas que são encontradas em ruas principais em grandes cidades.

A linha tem peça de festa, básicas, cool, jeans, ou seja, grande variedade. Me pareceu que eles realmente desenharam as peças para o mercado plus size, prestando atenção na consumidora, e, principalmente nas tendências.

Quando eles me procuraram pra enviar uns looks e pedir pra eu escolher outros, fiquei feliz pelo reconhecimento e por eles terem se preocupado com o que eu achei. Com certeza vou virar cliente.

A RI Plus uma boa inspiração para marcas plus size no Brasil. Eles vendem tanto online quanto nas lojas físicas.

Quem fez a campanha foi a linda da Candice Huffine. Sou fã dela. As peças vão do 18 ao 24 (tamanhos UK).

o-CANDICE-HUFFINE-570-RI Plus o-CANDICE-HUFFINE-570-RI Plus 2 o-CANDICE-HUFFINE-RIVER-ISLAND-570

Esse vestido longo é um lndo. Amei a estampa e como ele ficou bem com meu tênis amorzinho e uma jaqueta de couro biker. É ou não um look legal pra se inspirar pra esses dias mais fresquinhos no Brasil?

 

gisella-francisca-plus-size-river-island-print-long-dress 2 gisella-francisca-plus-size-river-island-print-long-dress 3 gisella-francisca-plus-size-river-island-print-long-dress 1

Saia plus size godê midi: look retro chique

Saia plus size godê midi: look retro chique

A saia midi divide opiniões. Ainda mais quando o tecido encorpado dá uma aparência de volume maior na área. Mas a gente bem sabe que o que dá volume mesmo em qualquer área é pão. ahahhaha então um look equilibrado com uma saia midi tão bonita não pode ser vencido por um receio de aparência de mais volume, certo? Até porque, meu bem, olha bem pra gente e pensa se deixamos de usar uma coisa porque um detalhe de possível aparência de mais volume não deixa. Eu amo saia midi de vários formatos, lápis, reta, godê… Olha esse post aqui com saia midi reta, esse aqui com saia midi mais soltinha, tipo plissada.

Um ponto importante é: o que é a saia midi de fato? Há controvérsias. Muita gente pensa em saia lápis quando tá falando de midi e muita gente acha que a peça precisa ter volume. Eu considero Midi a saia que vai até entre a canela e o joelho. O nome vem do inglês ‘midskirt’ onde mid significa ‘meio’. O comprimento faz a saia ser midi e não o formato, já que ela pode ser lápis, reta ou godê, por exemplo…

Essa saia é um achado na coleção regular da H&M. De tamanho 46, a modelagem ampla fez com que eu, plus size que soy, pudesse usar a peça sem problemas. É importante não ficarmos limitados apenas às coleções plus size. Podemos achar peças, tanto roupas quanto acessórios em diversos lugares, então o bom mesmo é manter o olho aberto e a boa vontade de achar aquela pecinha que você quer. Sem desperdício, please….

Embora pelo hemisfério norte o verão esteja se aprontando pra sair, esse é uma das épocas do ano em que sinto que as temperaturas se parecem mais – o friozinho discreto do Brasil com o calor super discreto da Escandinávia. Essa saia já me deu uma idéia forte de anos 70 e de outono. Aí eu fui olhanho umas peças, vestindo e saiu esse look com mistura de saia midi com sobreposição e essa peça que não sei o nome, e que é geralmente usada pot dentro de um top, dando idéia de sobreposição com uma camisa.

Mais importante que ter roupas e looks “da moda”, é criar novos usos pra peças que já temos. Esse olhar de frescor é um exercício facilitado pela boa exposição das coisas no seu guarda-roupas. É preciso ver o que a gente tem. Aqui em casa está atualmente um caos e meu plano da semana é separar mais peças de desapego e manter somente as que eu gosto muito e ficar brincando de troca-troca com elas.

Ser blogueira de estilo e estar cada vez mais resignificando meu planos profissionais me fazem questionar os hábitos de consumo, principalmente quando se exclusivamente trabalha com moda, como eu. Eu recebo muita coisa e só posto o que eu de fato gosto e uso. Embora eu devolva muita coisa, sempre tem um excesso de roupas que não servem pra mim, por tamanho, estilo, ou qualquer outra razão… por isso estou fazendo minha lojinha no Enjoei (já uso o site desde 2012 mas dei uma parada giga por lá). Futuramente pretendo ter uma ferramente parecida no ambiente do meu site mesmo, mas aí é outro post, outros planos…

 

Detalhes do look:

Top de lurex azul e top-gola para sobreposição (realmente não sei o nome disso) – Zizzi

Saia e colar H&M

Sapato Maria Bonita Extra (muito antigo) acho que um oxford com ou sem salto ou uma ankle boot ficam bem tbm.

Bolsa Louis Vuitton

óculos Celine

gisella-francisca-plus-size-saia-skirt-saia-evasee-midi 3
gisella-francisca-plus-size-saia-skirt-saia-evasee-midi 2
gisella-francisca-plus-size-saia-skirt-saia-evasee-midi 4

gisella-francisca-plus-size-saia-skirt-saia-evasee-midi 5

gisella-francisca-plus-size-saia-skirt-saia-evasee-midi 1

gisella-francisca-plus-size-saia-skirt-saia-evasee-midi 6

Plus Size Sofisticado e Moderno

Plus Size Sofisticado e Moderno

A Zizzi acabou de lançar a coleção de primavera da sua sub marca, a Black Label. Gente, que tombo, que sofisticação. Os materiais foram escolhidos a dedo pra dar um toque de modernidade às oeças clássicas da coleção, como o blazer, o trench, saia lápis e casaco.

Eu fiquei feliz de ter sido convidada pela Zizzi a experimentar a coleção. Fiz aqui meu editorial com as peças que mais gostei. Ponto forte da coleção: roupa diferenciadas, de qualidade, com modelagem ampla. Ponto fraco: falta de cores mais alegres e o impedimento das minhas leitoras brasileiras comprarem.

Mas, bonytas, como eu sempre falo aqui, acho importante mostrar esse conteúdo no meu site em português pra valer de inspiração nào só dos looks em si, mas também pra saber o que anda acontecendo lá fora, as boas práticas da indústria mesmo.

Da outra vez que a Zizzi lançou a coleção Black Label eu fiz um editorial lindo, lembra aqui ó.

gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 12gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 15gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 10gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 16

gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 3 gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 4

gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 17

gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 8gisella-francisca-plus-size-trend-zizzi-black-label-spring 18

 

Saia dourada e cropped top – look plus size ousado

Saia dourada e cropped top – look plus size ousado

Pensa num look plus size sexy sem ser vulgar e bem moderno, cheio de tendências? Tá aqui, myga!

Tanto item tombamento nesse look… mas quero começar com o assunto mais falado, o cropped top. Pois é, sabe que “gorda não pode né?” haahhaha mas eu gargalho é muito na face de quem manda uma dessa. A polêmica é grande, mas o fato é que a gente pode usar o que quiser, como quiser. Como estava um pouco frio no dia, eu optei por não mostrar pele, mas esse top tem uma altura excelente, mostra pele na medida e tem a manguinha que eu gosto. Ou seja, um perfeito top cropped plus size. Além de uma peça moderna, o tecido imita couro, tipo parece mas nào é. Acho que o tecido é cirré. Ganhei da Mari Malpighi quando eu fiz a campanha deles. Você chegou a ver as imagens? São lindas.

Os tecidos metálicos estão com tudo nessa estação. Comecinho de primavera na Europa e comecinho de outono no Brasil, essa tendência fica bem em diversos looks, tanto com uma sandália rasteira ou um sapato de salto, passando por um “brit” trator como esse pisante poderoso que estou usando na foto. A saia tem um quê de Gucci/Dolce & Gabbana mas é da H&M mesmo, ahahaha. Aqui no blog muitas vezes você vê roupas plus size, ou não exatamente plus size como essa saia, que não estão disponíveis no Brasil ainda, mas que são forma de vocês ficarem por dentro de como trazer as tendências das passarelas pro seu estilo. E eu adoro fazer isso.

Outro item maravilhoso: a body chain. É um item que eu adoro ter no corpo. Fica legal pra dentro ou pra fora da roupa. Por dentro, com um cropped, lacra né mores? E pra completar, como se o look já não tivesse marcante suficiente, eu resolvi completar com um casado plus size animal print né? ahahhaa

E vocês, o que acharam? Fica a dica para as marcas brasileiras fazerem essa saia ou não?

Me segue no Facebook e  Instagram. E comenta lá tbm.

* Spread the love*

 

 

Detalhes:

Saia e body chain da H&M: disponível aqui (nas gringas)

Top: Mari Malpighi – parece que está esgotado mas entra em contato com eles, lá eles são super legais.

Casaco: Lindex

Sapato: Stella McCartney – disponível aqui

Bolsa: Céline – disponível aqui (nas gringas)

A luva é feita à mão por uma senhora em Veneza.

O makeup:

Delineador: Jade da Phebo

Sombra verde usada pra esfumar: Esmeralda Phebo

Na pele: Base Canela Phebo e corretivo Noz

Batom: Retro Matte Fashion Legacy – Mac Cosmetics

gisella-francisca-trendy-plus-size-HM-skirt-saia-look 2 gisella-francisca-trendy-plus-size-HM-skirt-saia-look 4 gisella-francisca-trendy-plus-size-HM-skirt-saia-look 6 gisella-francisca-trendy-plus-size-HM-skirt-saia-look 1 gisella-francisca-trendy-plus-size-HM-skirt-saia-look 3 gisella-francisca-trendy-plus-size-HM-skirt-saia-look 7 gisella-francisca-trendy-plus-size-HM-skirt-saia-look 5

Editorial internacional: nova coleção verão Zizzi

Editorial internacional: nova coleção verão Zizzi

Como eu postei há uns dias, a Zizzi está lançando sua coleção de verão. Estou super animada porque fui convidada a pegar minhas peças preferidas antes mesmo de serem mostradas às lojas, às embaixadoras da marca, todo mundo, e fazer um editorial todo produzido e modelado por mim. Óia que amor!

Fico feliz em ver como a Zizzi, que é uma marca bem grande, presente nas principais capitais da Europa, gosta e confia no meu trabalho. Sabe aquela sensação de carinho? Pois é, eu fico assim.

Aí eles me deram a liberdade de fazer as fotos como eu queria e onde eu queria. Achei que nada melhor do que fotografar no Rio, gente! Contei mais detalhes no primeiro post – aliás, vc precisa ver a primeira seleção de looks.

Tudo bem, a Zizzi não chega no Brasil por enquanto. Mas uma parte grande da moda é inspiração, é ver o que outras marcas estão fazendo e como o mercado está se desenvolvendo. Por isso acho que vale a pena mostrar para meus leitores do Brasil. Inspirem-se com as combinações, formas, texturas, jeitos de usar determinadas peças, etc…

Agora me conta aqui nos comentários, qual o seu look preferido? Eu, claro, curti todos e tá difícil eleger um só.

 

Me segue no Facebook e  Instagram. E comenta lá tbm.

* Spread the love*

 

gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 8gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17_2 gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 10

Uma das minhas estampas preferidas da coleção, Também tem blusa que eu combinei com uma saia jeans super legal.

gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 4 gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 5 gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 6

Pelamor! Esse vestido é tudo! Lindo e feminino, o corte deixa as curvas lindas.

gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 3 gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 2

Acho lindo misturar a pegada mais dura do jeans com o delicado da renda.

gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 11 gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 13 gisella-francisca-plus-size-clothing-zizzi-summer_17 12

2 Editoriais Plus Size nacionais fazendo bonito na internet

2 Editoriais Plus Size nacionais fazendo bonito na internet

 

 

Dois editoriais plus size publicados recentemente deixaram essa internet mais maravilhosa ainda e são motivos de orgulho pra moda plus size nacional. É comum a gente apontar defeitos e faltas do mercado brasileiro, mas quando surgem materiais com qualidade bacana, pegada de moda mesmo, a gente mais que deve propagar.

Mayara Russi para FWPS

Para anunciar a proximidade desta 13ª edição, Renata Poskus, Diretora do FWPS e editora do Blog Mulherão, convidou a top model Mayara Russi para estrelar um editorial de moda com looks produzidos especialmente por alguns dos estilistas do evento. (mais…)

Coleção Nike #blackhistorymonth: evento gratuito em Madureira

Coleção Nike #blackhistorymonth: evento gratuito em Madureira

A Nike lança nesse dia 20/02 a nova coleção Black History Month que homenageia e celebra a história negra em todo o mundo, nos esportes e fora deles. O mês de fevereiro nos EUA é marcado por celebração à vida e ações de diversas personalidades negras mais influentes da história. E amanhã vai ter um super evento no tradicional bairro de Madureira, no Rio. Puro emponderamento negro gente. Eu vou estar lá aproveitando tudo. Vai ter oficina de turbante da Juliana Luna, aula de AfroVibe (mais…)

Plus Size Internacional: editorial da Zizzi no Rio

Plus Size Internacional: editorial da Zizzi no Rio

A Zizzi já já vai lançar a coleção de verão e eles me convidaram pra escolher minhas peças preferidas e fazer um ensaio no Rio. Olha que legal.

A gente sabe que as coleções são opostas entre Brasil e Europa. As marcas no corre com inverno aqui e as européias correndo com verão por lá. Mas em algum momento as coisas se cruzam. Por isso foi tão legal fazer esse editorial pra Zizzi em pleno Rio de Janeiro, num dia fresquinho né? rs

A coleção está super feminina com cartela mais vibrante do que normalmente eles usam. Estampas de pássaro psicodélico (eu que tô chamando assim), poá, listras, renda… (mais…)

Pin It on Pinterest