The normality of things – and how I am slowly managing to deal with routine

The effortlessly chic party look

Wrapping fun! Christmas gifts bonanza in family

Get the look: cool up your party kimono for everyday outfit

Party season in a budget: 3 looks to inspire

This is how to style a sequin kimono for a hot party look

Instagram(ming)

Antes do Instagram eu usava o Hipstamatic que era apenas aplicação de filtro em fotos do iphone, não era rede social. Você escolhia o tipo de “filme” e a gelatina do flash. Era mais parecido com uma câmera manual. O advento do Instagram deixou o processo todo mais rápido e mais homogêneo. Ou seja, você faz a foto, escolhe o filtro, posta, usa hashtags, ganha likes e vai assim, se embrenhando na rede social de fotografia. O buraco é muito mais embaixo. A galera do mundo todo é apaixonada pelo app que é mais um estilo de vida do que qualquer coisa.

Me cadastrei no Instagram bem no comecinho e usei algumas poucas vezes. Peguei implicância mesmo, parte influenciada pelos cursos e workshops de fotogra fia profissional que passei a frequentar pelo mundo, por influência do meu namorado que é fotógrafo profissional e , que odeia esse tipo de coisinha e parte pelo meu feed super fraco, porque na época pouca gente usava. E a outra (grande) parte é do meu iphone e da internet da TIm que era e sempre será uma M.

Agora, com o Iphone5, eu voltei com tudo à minirede-lifestyle Instagram. Paguei a língua e fiquei uma semana inteira quase postando só comida – estava em São Paulo e a cada refeição era um flash. Agora estou pagando a língua em todos os sentidos e fazendo diversas fotos do meu dia a dia, muito mais do que faço com a minha câmera profissional, que é beem mais pesada do que as 100g do meu iphone e muito muito maior.

Bem, me siga no Instagram porque eu tô um fervo lá!

:-)

Deixe um comentário

Enviar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Pin It on Pinterest