A New Ritual every day

The development + cool not so basic look

Alternative dresses to 17th of may

Healthier and younger-looking skin7 essential ingredients

Video: The skirt that looks good on literally everyone!

Oh so chic (and affordable)

Bikini talk

Bikini talk

gisella francisca bikini talk 2

No hemisfério norte o verão se aproxima e a gente conta os dias. Tudo que a gente quer é passar o dia na praia bebendo água de côco (fresca né pq de caixa eu tô legal). ë época de encontrar os amigos, ir pra festas de verão, beber drinks coloridos e simplesmente aproveitar ao máximo. Essa época tão promissora e também responsável por promover sentimentos de dúvidas e inseguranças. Do mais simples que seria dúvida entre que maiô comprar (e isso a gente resolve aqui), ao mais tocante que seria insegurança em relação a ser como somos, apresentar nosso corpo seminú à sociedade na praia, se a gente se ama, ou seja, essas questões que também permeiam o verão, assim como bunda de fora e testa suada ahahhahaha. Esse post fala sobre isso. E fala sobre maiôs que ficam bons pra gente que é super cheidicurva.

 

Precisa nem dizer que eu tô aqui morrendo pro verão chegar né? Quando estava selecionando as fotos pra esse post e vi as paisagens maravilhosas em que estive quando estava no Brasil há poucos meses. Foi um verão tão produtivo e super quente. E tenho certeza que  só foi possível aproveitar tanto porque eu estava bem comigo, à vontade com a minha imagem e feliz, em geral. Não 100% por 24 horas durante 365 dias por ano. Mas o saldo é positivo, com mente equilibrada.

Muita gente me pergunta sobre esse assunto. A maioria por admiração ao meu trabalho, mas ainda rola alguns comentários tipo”Nossa, vc tem auto estima elevada né? Não liga pra essas coisas…”. Bem, na maioria das vezes eu falo resumidamente o que estou escrevendo aqui, mas se me pegar de ovo virado ou se eu achar que a pessoa merece eu solto algo do tipo: “Mas vc acha que é surpreendente eu ter autoestima elevada? Não ligo pro que? Pro que as pessoas acham? Que gente gorda não pode se amar? Não entendi.” E dou um sorriso. Cada um é responsável prlo que fala então se a pessoa falou uma besteira dessa é culpa dela sim. Mas a raiz do problema é o mindset social. A mesma questã que faz a gente ficar insegura. Aí a gente volta pra padrão de beleza, pra o que é “ser mulher” no mundo hoje, etc… Infelizmente a gente vive num mundo injusto, malvado e totalmente equivocado no que diz respeito a padronização de pessoas (e culturas tbm).

Mas a boa notícia é que tudo está mudando rápido. Mais e mais nos vemos representadas na mídia, sentimos que temos mais espaço e liberdade no mundo. Não falo apenas como gorda, mas como mulher e como negra. E isso só é possível por conta da amada internet. Midias sociais são hoje a principal ferramenta de divulgação de liberdade pessoal, é um espaço onde podemos ser o que queremos e podemos representar minorias e transformá-las em maioria. Aí a midia acompanha e hoje temos muito muito mais conteúdo que preza tolerância, imagem corporal positiva e principalmente autoamor.

Mas, se amar não é se contentar com “pouco”. Se aceitar não é tipo “Ah! Eu sou assim e vou fazer o quê?”. Não mesmo! Se amar é querer sempre ter a versão melhor de si. É desafiar a zona de conforto e se impulsionar pra ser sempre melhores do que fomos ontem. Amor próprio vem do ato inicial de reconhecer o quão bons nós somos, saber nosso caminho no mundo, estarmos confortáveis com nossas personalidade, termos bom caráter e agirmos com amor nas relações. Claro vc não precisa ser um Budha ou uma Frida Kahlo pra chegar nesse ponto. Mas precisa cultivar acerca de você um ambiente construtivo, que te coloque pra cima e que você também coloque os outros pra cima (isso é super importante). A gente vive em sociedade e precisa dos outros sim. Então tem que encorajar, tem que dar suporte, tem que respeitar e ter o amor de frente!

Coisa simples tá? Começa tipo de manhã no espelho elogiando uma coisa que vc gosta em vc, elogiando sua vida, celebrando pequenas conquistas do dia, tipo até o ônibus que veio mais rápido. Nossa essa eu celebro muito ahahahhaa. É exercício diário, não muda o mundo de uma hora pra outra mas faz você se sentir bem aos poucos. Garante um equilíbrio. O mundo já dá muita porrada na gente cara, temos mais é que nos fortalecer internamente.

Sendo blogger eu só mostro aqui parte da minha vida. Nem tudo são flores coloridas gente. Nem tudo é look do dia não. Eu pago conta, eu tomo cano, eu atraso boleto, eu me sinto gorda, eu peido, eu me sinto cansada, desmotivada, assim como todo mundo. Mas eu tbm sei apreciar o que tenho de bom na vida. Tenho uma casa confortável com tudo que eu preciso, tenho meu corpo em funcionamento perfeito, não me trato de nenhuma doença, tenho um marido que me ama, me respeita e admira e que eu amo e respeito e admiro, tenho meus pais vivos, tenho um trabalho que eu amo e que faz diferença na vida das pessoas. Ou seja, qual motivo eu teria pra me odiar e odiar minha vida?

E aí eu te pergunto: a vida comendo slta lá fora, tanta diversão disponível e você vai ficar no sofá vendo tv e se sentindo mal ou vai botar a cara no sol? E por falar em sol, olha a lacração abaixo e o que eu achei dos maiôs que estou usando.

Um update:

Achei essa uma boa ocasião pra falar pra vocês da minha hashtag #eusouleu. Ela nasceu de um projeto de pesquisa de tendência que apresentei na PUC Rio anos atrás. Minha projeção de tendência a se realizar (e deu certo, claro) foi que nós assistiríamos um movimento de exaltação da liberdade de ser como você é, gorda, magra, amarela ou de bolinha :-) Foi um trabalho bem sucedido então né? rs

A vibe da hashtag é mostrar imagens de pessoas de bem com elas, que se amam e que se exaltam. Que se respeitam e, mais ainda, respeitam os outros. A idéia é dividirmos uns com os outros uma vida com menos rótulos e mais naturalidade. Vai ser ótimo ver como eu inspio você no dia a dia a ser a melhor versão de vocêEntão já sabe, use a hashtag #eusoueu na sua foto e eu vou fazer posts periódicos e mostrar você aqui no blog. EEEEEEEE

gisella francisca bikini talk 8gisella francisca bikini talk 7gisella francisca bikini talk 6

Esse maiô é da Lenny que não é uma marca plus size mas o G deles dá em mim. O da foto é M por exemplo. Esse modelo é lindo. Super chic e diferente. Não vi ninguém com ele ainda (mas não ando conferindo nas praias por aí né? ahahahha). O modelo não tem suporte nenhum, mas a lycra é muito boa, grossa e isso ajuda. Mas é mais um maiô bonito do que funcional pra quem é mais encorpada como eu.

Fotos em Buzios, na praia João Fernandinho, numa terça feira 8h da manhã. Ou sejam só a gente! :-)

gisella francisca bikini talk 5gisella francisca bikini talk 4gisella francisca bikini talk 3Esse maiô é lindo, meu preferido. Já tive um preto dele que acabou de tanto que usei. Não só serve pra praia mas pra vários looks de verão também. Gostaria que tivesse mais suporte nos seios porque não tem. Mas adoro o modelo, o drapeado e a faixa na cintura.

Arraial do Cabo. Água fria e praia linda.

gisella francisca bikini talk 1
No arpoador. Onde vou sempre. Já encontrei várias leitoras lá ahahaha.

gisella francisca bikini talk 9Agora esse maiô aqui é coisa séria. É da Marini Brasil – marca de moda praia plus size. Altíssima qualidade, bom serviço. Vale cada centavo. É o melhor maiô que já usei porque ele tem o suporte na barriga com um drapeado lindíssimo, tem suporte nos seios então dá aquele levante. Faz uma redução de medida instantânea. Lindo mesmo gente. Recomendo.

Foto no Leblon, uma quadra de casa, trankz, gostosinho mas não curto o mar de lá.

Deixe um comentário

2 Comments

  1. Ola,Ciao Gisella…Qué fotos muy lindas y què Bikini taaan bonito! …vamos a la Playa!
    ciao ciao, greetings

    Reply
  2. Esse post me fez bem demais hoje. Obrigada 😉

    Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. | Gisella Francisca | plus size fashion - […] Leia também: Biquini e corpo de praia […]
  2. Moda plus size: Look do dia e reflexão de vida de blogger | Gisella Francisca | plus size fashion - […] Leia também: Biquini e corpo de praia […]

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Bikini talk

Bikini talk

gisella francisca bikini talk 2

In the northern hemisphere summer approaches and we count down the days. What we want the most is to spend all day at the beach, drinking coconut water, meeting friends, having good drinks and just fully enjoy ourselves . This time of the year is so incredibily promising but also very a promiter of doubts and insecurities , especially for full figured ladies like me. It can be an uncertainty about the ideal swimsuit, or insecurity related to body image. I got you! We are just in the same boat. Chck out this post with amazing pictures of beaches in Brazil and some words on self love.

 

(more…)

Deixe um comentário

Trackbacks/Pingbacks

  1. Look ( e vida de blogger) Plus Size | Gisella Francisca | plus size fashion - […] Leia também: Biquini e corpo de praia […]
  2. Moda plus size: Look do dia e reflexão de vida de blogger | Gisella Francisca | plus size fashion - […] Leia também: Biquini e corpo de praia […]

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *



Pin It on Pinterest