How to cool up your sheer mesh dress

Trend to wear now: the corset exposed

All about skin care, summer and routines

Midi

The contrasts

How to style the army green dress: a modern classic

Diário de maternidade: as 3 primeiras semanas

Diário de maternidade: as 3 primeiras semanas

Ele fez três semanas. Parece que foi ontem e ao mesmo parece que ele tem estado aqui pra sempre. Acho que porque é tudo tão intenso e eu sinto que tenho tanto que aprender ainda.

É bom ser humilde e ouvir as pessoas mais experientes quando não sabemos muito de um assunto. Isso vale pra tudo na vida. Mas, se tratando de filhos o buraco é um pouco (ou bem) mais embaixo. Todo mundo acha que sabe mais, que é especialista ou que as crianças seguem um padrão. Cada criança é diferente. Cada uma se comporta e sente as coisas de um jeito. O mesmo acontece com os pais. Ainda assim eu não dispenso um conselho de pessoas que eu respeito e que sei que não vão ficar apontando o dedo pra forma que crio meu filho só por que um dia eu pedi uma opinião. #roloudesabafo

(mais…)

Bem sincero: a maior surpresa de todas!

Bem sincero: a maior surpresa de todas!

 

 

 

Sim, é verdade! Quase nem dá pra acreditar mas é verdade. Eu vou ser mãe. De um menino tão abençoado. Gente, me sinto sortuda e muito feliz nesse momento. Por isso quero dividir com vocês aqui. Atenção que é post “sincerão”.

Tentando resumir, aconteceu assim… Bem, a gravidez, vocês, nessa altura da vida já sabem como se faz né? Ahahahaha.

Sou casada e planejávamos ter um bebê em 2017.  Então até fevereiro/março eu estava usando meu anticoncepcional, menstruando normalmente e estava no Brasil, a todo vapor, viajando de lá pra cá, trabalhando muito. Foi quando fiz a campanha da Marisa, você viu? Tem que ver que está super legal. Ou seja, tudo dentro dos conformes. Não senti nenhum enjôo específico, só sentia muita azia mas não sabia que era um sintoma de gravidez.

A desconfiança veio quando eu não menstruei em março/abril. E além disso eu estava com outros sintomas, que só vejo como sintomas agora, depois de confirmar a gravidez. Intestino não funcionando regularmente como sempre foi, umas sensações similares a gases e, claro, a barriga maior do que o normal, embora eu tivesse comendo saudável e sendo bem ativa – até percebi uma certa desinchada no resto do corpo.

Aí eu fiz o exame quando cheguei em Oslo, queria fazer junto com meu marido, na minha casa e tal. O teste de gravidez foi positivo para 2 a 3 semanas. Aí ficamos super felizes! O próximo passo foi ir à minha médica – que indicou uma ultra. Aí que a coisa muda….

 

gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-riverisland 4

Fomos pra ultra! Chegando lá o médico conversa com a gente, começamos o procedimento, aí ele me pergunta: “- quer saber o sexo do bebê?”. Eu já mandei um “caraaaaa que avançada a medicina aqui. Já sabendo o sexo em 3 semanas…”. E ele diz, então, vamos por partes. É menino! Tudo aparentemente bem com ele. Nesse momento, marido e eu já chorávamos né? Awwnn  um menino…

E o médico dizia que tinha mais. Eu já como né? Meu deus, gêmeos!! Ele disse que era de fato um bebê só, mas que minhas contas estavam bem erradas, tipo muito erradas mesmo. Acabou que o bebê era bem maior do que 3 semanas (eu realmente não me liguei nisso quando vi a imagem dele na ultra, foi minha primeira vez vendo uma ultra na vida!).

Então no dia da ultra, que aconteceu no começo de maio, descobrimos que eu tinha acabado de completar 6 meses de gravidez! Gente, 6 meses. Agora já estou com sete e ele nasce até o meio de agosto.

Agora você vê? Que benção nas nossas vidas? Eu ainda estou nas nuvens. Isso foi de fato a melhor coisa que já aconteceu na minha vida.

Não sou do tipo romântica mas com essa situação não tem como não ficar toda mole… eu me sinto tão bem, tão completa. A cada movimento dele (e são muitos mesmo) eu fico maravilhada. Nunca me senti tão plena sabe? Acho que a gravidez faz isso. E ouvi dizer que depois do parto, ali quando você vê o bebê, além de ser o momento mais incrível da sua vida, você ainda se sente super-woman.

Estou lendo muito, aprendendo bastante. Fiz todos os exames e está tudo bem com ele, crescendo como esperado, se movimentando bem também, ou seja, tudo nos conformes. Eu me sinto mais cansada do que o normal mas ainda faço bastante coisa. Quero ser ativa até quando não conseguir mais.

Essa “gravidez de 3 meses” me fez ver que a vida toma caminhos que no final dão certo. Olhando pra trás eu consigo perceber como tudo estava se preparando para minha gravidez, sem eu me dar conta. Tudo que deu certo, foi ótimo e o que deu errado, estava dando certo afinal. Foram os seis meses mais produtivos, divertidos e ativos que eu já tive. Se eu soubesse que tava grávida antes, não teria aceitado diversos convites e teria sido frustração sabe? Olha, como eu te falei, estou me sentindo a mulher mais sortuda do mundo.

A partir desse post eu começo a dar mais detalhes, mostrar mais coisas e dividir essa parte tão mágica da minha vida. Quero agradecer a todas as mensagens de amor e positividade que recebi quando dei a notícia num dos meus videos ao vivo no Facebook. Me segue nas mídias sociais porque tem muita coisa pra mostrar gente, vem comigo:

Meu Instagram: @gisellafrancisca

Meu Snapchat: GIFRANCISCA

Minha FanPage no Facebook: Gisella Francisca

E teve chá de bebê. Já já eu mostro…


gisella-francisca-plus-size-pregnancy-gravida-plus-size-riverisland 3

Body da River Island. Tem parecido aqui.



Luz de Itacaré

Luz de Itacaré


gisella  francisca itacare 11

Uma cidade pequena do interior do Nordeste Brasileiro pode ser uma fonte e tanto de energia e inspiração, ainda mais quando essa cidade fica no litoral sul da Bahia. Tô falando de Itacaré gente, uma das melhores férias curtas que tivemos ultimamente. Me senti em outro tempo e espaço e uma sensação de leveza tomou só de sentir o ambiente lá. Nesse post eu divido com vocês algumas das imagens mais bonitas que fizemos do local e ainda mostro o look que usei nessa tarde que, como vc vê, teve uma luz e energia lindas. Vem ver!

(mais…)

Pin It on Pinterest